29.10.06

De fato não haveria data melhor pra eu começar isso aqui.


Hoje é mais uma importante data para o glorioso processo eleitoral democrático de nosso país: o segundo turno.
É hoje
que nossa já medíocre participação na vida política do país se torna mais medíocre ainda, pois a total falta de opções faz com que muitos pratiquem aquele tal de voto útil... votar no menos pior.

E aí também termina hoje a nossa incrível participação: a gente vai lá, aperta os botõesinhos, e dá um fim nisso tudo.
Faz tanta diferença assim quem vai ganhar?
Quer dizer, tirando a possível sensação de felicidade ao ganhar o candidato em quem se votou, muda em alguma outra coisa?
Vamos ser diretos, ganhe quem ganhar, seguiremos (quase) todos normalmente em nosso dia-a-dia, iremos para nossas escolas ou trabalhos, teremos alguma diversão, e continuaremos com nossas discussões políticas na mesa do bar.
Não faz diferença pra ninguém, essa é a verdade. É a tal da apatia.
Se fizesse mesmo diferença, as pessoas manifestariam isso de alguma forma.

Então, vamos lá apertar os botõesinhos e seguir nossas vidas né?





Dead Fish - Modificar

E então veio 1985 e o sonho por liberdade voltou.
E por todas as ruas o povo gritava louco por Diretas já.
Já era hora se fez o tempo, aqueles tempos foram escuros demais.
Toda a esperança vinha das ruas e não havia como perder.
Mas desta vez fomos logrados
por um colégio eleitoral,
transição segura fria e lenta
para os que estavam no poder.
E nosso sonho por saúde e educação
se foi
largado pra depois.
E os militares que esperávamos que um dia iriam pagar
continuam no poder.
Então veio 88,
foi determinado agora sim poderíamos votar/escolher.
Mas um ano depois percebemos o quão estávamos enfraquecidos.
Corações e mentes agora guiados (ordenados) por uma tela de TV.
Nossa vontade já não existia pois agíamos como zumbis.
Pagamos caro pela ilusão,
o moderninho nos enganou.
E enquanto retia nossa poupança
roubava mais que os ladrões.
E nosso sonho por um dia sermos iguais
se foi,
foi deixado pra depois.
E os corruptos que esperávamos que um dia iriam pagar
acabavam de se eleger.
Quando vieram os anos 90
e o caos e o cinza tomou conta de tudo.
Salvadores de pátria agora não iriam mais ajudar.
Não há mais culpados nem inocentes, agora todos irão pagar.
Mas na guerra sublimada aleijados e analfabetos ainda tentam modificar

7 Comments:

Anonymous Luísa said...

boa letra essa da música aí..

"Faz tanta diferença assim quem vai ganhar?"
acho que siim.. pode não parecer.. mas acho que são essas migalhinhas que vão formar um país melhor daqui a algumas décadas, séculos quem sabe.. mas pelo menos um país melhor.. ou um mundo inteiro melhor, se não for pedir muito.. =/

bjoooos

15:17  
Anonymous madona said...

adoraria te conhecer um dia...
vc é muito poético e sensual pelo que vi no orkut..
meu msn eh madonna17@hotmail.com
me adiciona.. sou daqui do rio, moro em copa
bjosss

23:06  
Blogger Ernesto said...

eahuaehueahueahuae

a galera já começou a zoar!!

00:58  
Anonymous Joana said...

hahahahha
madona toda se querendo!!!

19:16  
Anonymous Nina said...

é, o povo se sente injustiçado, reclama, contesta mas ninguém se incomoda o suficiente pra mudar. e isso não é só na política. aliás, acho que na política o problema é beem mais suave. as pessoas reclamam pelo ato de reclamar. elas tem preguiça de mudar o mundo. e enquanto isso ainda for uma preguiça e enquanto a gente achar que ficar sentado é a melhor opção, nada e muito menos a política vai mudar.

:**

15:14  
Anonymous Fox said...

porra mandou bem no que disse
e essa letra do dead fish combinou bem com o dia 29/10 que alias uma coincidencia um mes depois do show do nofx

01:37  
Anonymous Fox said...

mais uma coisa
ernesto

add a madonna hahaha

01:37  

Postar um comentário

<< Home