12.12.06

serviço de utilidade pública:


para quem não se lembra da história completa da dona dora e do ném, vê mais abaixo aí o panfleto do outro ato.

e perdôem os erros de português, não fui eu que fiz.

outras convocações:

FREE HUGS - DISTRIBUIÇÃO DE ABRAÇOS GRÁTIS PELAS RUAS!!!
sexta-feira, 15/12. às 14h na Cinelândia!!
informações: http://www.orkut.com/CommEvent.aspx?cmm=23425849&crt=22047370&dat=1166151600

REUNIÃO DE CONSTRUÇÃO DE UM MPL - MOVIMENTO PELO PASSE LIVRE - CONTRA O AUMENTO DAS TARIFAS DE ÔNIBUS!!
sexta-feira, 15/12. às 18h no IFCS - Largo de São Francisco, perto da Carioca.


COMPAREÇAM!!!

.......................................................

agora poesia:


Homem


Eu sou o arrependimento do álcool e do sexo
Eu sou a moral corrompida por facínio
Eu sou incapaz de amar alguém
E sou o absurdo sonhado, que não se conta a ninguém

Eu sou o fim do princípio, a morte da lágrima
Carbono e nitrogênio sintetizados
Eu me vejo acima do carbono
E estou em lugar nenhum.

Eu sou a satisfação por trás do ódio
Eu sou o contentamento disfarçado de angúsita
E sou a angústia disfarçada na alegria.
Eu sou o medo da morte e dos outros.

Eu a verdade no alto do prédio
Disposta a pular caso corra algum risco.
E quando corro algum risco eu fujo.
Eu sou o dia-a-dia na cidade suja.

Eu sou o nada moderno,
apenas para acreditar em alguma coisa.
Eu quero ser o que já foi,
O que será está longe de mim.

Eu sou prazer proibido-permitido
A ressaca pior que todas as outras
Moral, ética e sofrida.
E sou aquele que sofre por prazer.

Eu sou náusea, contrasenso,
Duelos de egos, mentiras, verdades e conhaque.
Eu sou hipócrita, eu sou escarro.

Eu sou o que vocês são,
Eu sou o que nós somos...



.... achei bizarro, e na verdade não sei nem se eu realmente gosto dele, mas resolvi publicar por falta do que postar.